Widget de exemplo

This is an example widget to show how the Secondary sidebar looks by default. You can add custom widgets from the widgets screen in the admin. If custom widgets are added then this will be replaced by those widgets

Morro da Fumaça inicia campanha contra Influenza nesta segunda-feira

Começa nesta segunda-feira, dia 4, mais uma campanha de vacinação contra a Influenza em Morro da Fumaça. As aplicações serão realizadas nas Unidades de Saúde dos bairros Graziela, Jussara, Maccari, Naspolini e do distrito de Estação Cocal, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 16h.

Neste primeiro momento, formam o público-alvo os idosos com mais de 60 anos e os trabalhadores da saúde, dos serviços públicos e privados, nos diferentes níveis de complexidade. É indispensável a apresentação de documento com foto, carteira de vacinação, Cartão Nacional do SUS e, no caso dos trabalhadores, um comprovante de vínculo empregatício, além dos documentos citados.

A segunda etapa da campanha acontece entre os dias 3 de maio e 3 de junho. Neste período, imunização será aberta, também, para os demais grupos prioritários: crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas, pessoas com comorbidades, professores, profissionais de forças armadas, forças de segurança e salvamento, doenças crônicas e deficiência permanente, caminhoneiros, população indígena, população privada de liberdade, trabalhadores portuários e do transporte coletivo rodoviário. O Dia D de mobilização nacional acontecerá no último sábado de abril, dia 30.

“A vacinação é fundamental para prevenir o surgimento de complicações decorrentes da doença, óbitos e consequências nos serviços de saúde. É a melhor estratégia para minimizar a carga do vírus, reduzindo os sintomas, que também podem ser confundidos com os da Covid-19”, ressalta Marijane Felippe, secretária do Sistema de Saúde de Morro da Fumaça.

Para não restar dúvidas

Os trabalhadores da saúde são aqueles que atuam em espaços e estabelecimentos de assistência e vigilância à saúde, sejam eles hospitais, clínicas, ambulatórios, laboratórios, dentre outros locais. Assim, compreende tanto os profissionais da saúde – como médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, biólogos, biomédicos, farmacêuticos, odontologistas, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, profissionais de educação física, médicos veterinários e seus respectivos técnicos e auxiliares – quanto os trabalhadores de apoio, como recepcionistas, seguranças, pessoal da limpeza, cozinheiros e auxiliares, motoristas de ambulâncias e outros, ou seja, aqueles que trabalham nos serviços de saúde, mas que não estão prestando serviços diretos de assistência à saúde das pessoas.

Incluem-se, ainda, aqueles profissionais que atuam em cuidados domiciliares como os cuidadores de idosos e doulas/parteiras. A vacina também será ofertada aos estudantes da área da saúde que estiverem prestando atendimento na assistência dos serviços de saúde.