---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Julho Amarelo: Morro da Fumaça prepara série de ações de combate às hepatites virais

Publicado em 05/07/2019 às 11:58 - Atualizado em 05/07/2019 às 11:58

 

 

 

Secretaria do Sistema de Saúde de Morro da Fumaça, por meio da Vigilância Epidemiológica, realiza uma série de ações em alusão ao Julho Amarelo, dedicado ao combate às hepatites virais. Durante as atividades, serão realizadas vacinas e testes rápidos contra as hepatite B e C, além de vacinas contra a Febre Amarela. As ações realizadas pelos profissionais da saúde serão levadas à diversos bairros de Morro da Fumaça. “Precisamos alertar a população para este tipo de doença e da importância da prevenção. As orientações ocorrem durante todo o ano em nossas unidades de saúde, mas são intensificadas em julho”, fala o secretário do Sistema de Saúde, Robson Francisconi.

O diagnóstico das hepatites B e C é feito por meio de testes rápidos e de exames de sangue específicos, disponíveis na rede de serviços de saúde do SUS. Na investigação das hepatites B e C, é preciso um intervalo de pelo menos 60 dias após o contato inicial com o vírus para que os antígenos virais (no caso da hepatite B) ou anticorpos (no caso da hepatite C) sejam detectados no exame de sangue. Após o diagnóstico, o profissional de saúde indicará o tratamento adequado.

 

Confira as datas e locais das ações:

16/07: das 9h às 11h - em frente à unidade de saúde de Linha Torrens.

16/07: das 13h30min às 16h - em frente à unidade de saúde de Linha Cabral.

18/07: 9h às 11h30min e das 13h30min às 16h - ao lado do posto de combustíveis Maragno, no distrito de Estação Cocal.

26/07: 9h às 11h30min e das 13h30min às 16h - em frente ao Supermercado Salvan, no Bairro De Costa.

31/07: das 09h às 11h30min e das 13h30min às 16h- em frente ao Paço Municipal Prefeito Auzílio Frasson, no Centro.

 

O que são hepatites virais: 

Grave problema de saúde pública no Brasil e no mundo, a hepatite é a inflamação do fígado. Pode ser causada por vírus ou pelo uso de alguns remédios, álcool e outras drogas, assim como por doenças autoimunes, metabólicas e genéticas. São doenças silenciosas que nem sempre apresentam sintomas, mas, quando estes aparecem, podem ser cansaço, febre, mal-estar, tontura, enjoo, vômitos, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras.

Conforme o Ministério da Saúde, no Brasil as hepatites virais mais comuns são as causadas pelos vírus A, B e C. Existem, ainda, os vírus D e E, esse último mais frequente na África e na Ásia. Milhões de pessoas no Brasil são portadoras dos vírus B ou C e não sabem. Elas correm o risco de as doenças evoluírem (tornarem-se crônicas) e causarem danos mais graves ao fígado, como cirrose e câncer. Por isso, é importante ir ao médico regularmente e fazer os exames de rotina que detectam a hepatite.